Gostaria de oferecer atendimento 24 horas, humanizado e que aumente a conversão de clientes na sua empresa? Agora é possível, pois o mercado já dispõe de ferramentas capazes disso. O uso de um sistema de chat online pode ajudar a melhorar as vendas, aumentar a taxa de conversão de clientes e deixar o atendimento mais eficiente.

Aproveitar essas inovações colocará seu negócio à frente da concorrência e trará melhorias para o relacionamento com os clientes. Compreenda, nos tópicos a seguir, tudo que precisa para melhorar as conversões por meio dessa importante ferramenta.

Sistema de chat online é uma tendência do mercado

Alguns profissionais menos informados talvez imaginem que chatbots são mais uma das modinhas do marketing. Na verdade, eles estão bastante enganados, o sistema de chat online é uma tendência e veio para ficar.

Vivemos em um mundo conectado 24 horas por dia. O cliente não sabe mais esperar para ver a resposta do seu e-mail ou gastar 40 minutos no telefone. Ele precisa de respostas imediatas e, se não conseguir, vai logo para o site do concorrente que oferece isso a ele. Por isso, chegou a hora de encarar a funcionalidade dos chats online para sites como um diferencial que te coloca à frente da concorrência.

Agilidade, economia de tempo e mais facilidade para o consumidor

Quantas pessoas entram por dia no site da empresa e não finalizam uma compra? O número de visitantes pode até ser grande, mas boa parte deles deixa o site antes de tomar uma decisão. Esse problema é facilmente resolvido com um sistema de chat online eficiente.

Ao entrar no site e ser imediatamente abordado por um chatbot, o cliente consegue sanar suas dúvidas e avançar para a compra. Ele pode até pedir informações adicionais do produto que não existiam no site, como fotos e explicações sobre seu funcionamento. Quanto mais rápido esse cliente conseguir sanar suas dúvidas, maior a probabilidade de fechar a compra.

Muitos clientes não fazem questão de receber atendimento humano, desde que suas demandas sejam solucionadas. É que sem exigir esforço humano, os sistemas de chat conseguem oferecer um atendimento eficaz e, se preciso, humanizado.

Eles usam inteligência artificial para obter os dados do próprio cliente e personalizar o atendimento. Quando a programação é bem feita, o consumidor sairá tão ou ainda mais satisfeito do que poderia sair de um atendimento feito por um humano.

Uso de chatforms e sistemas de automação de marketing digital

Usando sistemas de chat, as empresas conseguem aplicar os chamados chatforms, que consistem em formulários de perguntas e respostas em tempo real para o cliente. Sabe aquelas landing pages cheias de informações para preencher? É possível substituí-las por meio dos chatforms. A grande vantagem é que o cliente consegue passar suas informações em um contato mais dinâmico e rápido.

Nada melhor que uma conversa para adquirir as informações necessárias do seu cliente. A probabilidade de ele desistir no meio e fechar a página (como acontece com os formulários) diminui bastante.

Os dados obtidos por meio dos chatforms podem ser integrados a sistemas de automação de marketing, como o RD Station. Assim, a equipe de marketing se mantém atualizada sobre as informações do cliente. Os chatbots e chatforms são uma ótima maneira de visualizar e compreender a jornada de compra por inteiro.

Aumento das vendas e melhorias no relacionamento com o cliente

O atendimento por chat online para sites não é robótico como parece à primeira vista. Na verdade, ele pode ser tão humano quanto um atendente real e consegue resolver problemas simples do cliente usando somente a base de dados. Em problemas mais complexos, o trabalho dos chatbots pode amparar o atendente humano, contribuindo para que ele realize um atendimento de qualidade.

Com eles, as empresas conseguem melhorar a quantidade de conversões e vendas nos canais online. Também adquirem um relacionamento mais próximo do cliente, que se sente amparado a qualquer momento do dia.

Quem não oferece esse tipo de atendimento personalizado, eventualmente, ficará para trás do restante do mercado. Qual empresa não quer empregar tecnologia para oferecer o que o cliente deseja e precisa? Ou qual que se mantém presa a processos arcaicos e que não quer alavancar suas vendas?