Não há quem resista a uma promoção! A Black Friday ou o “Dia Global de Promoções”, já virou tradição no mundo todo. É o dia, normalmente a 4ª sexta-feira de Novembro, onde empresas do mundo todo (principalmente lojas on line) oferecem até 90% de desconto em seus produtos e serviços.

Planejar as suas estratégias de marketing e vendas para participar do Black Friday pode trazer grandes benefícios para o seu negócio como visibilidade, autoridade, renovação de estoque, novos clientes e, é claro, muitas vendas!

No Brasil, porém, a Black Friday conquistou uma má fama. O que era para ser o dia das ofertas imperdíveis se transformou na “Black Fraude”. Esse foi o apelido que o evento ganhou após os inúmeros casos de propaganda enganosa, mal atendimento, falta de infra-estrutura e tantos outros problemas.

Por isso hoje vamos falar sobre o grande diferencial que você pode conquistar esse ano na sua estratégia de Black Friday: o pós-venda!

Faça mais do que apenas vender

Se sua venda acaba quando o consumidor realiza o pagamento e recebe o produto em casa você está perdendo uma grande oportunidade de melhorar os rendimentos trabalhando o pós-venda.

A qualidade no atendimento até o momento da compra, certamente, é um grande diferencial das empresas. Porém, muitos esquecem que, depois disso, ainda é possível atuar para surpreender clientes.

Quer estabelecer relacionamentos duradouros com seus compradores e melhorar a fidelização dos clientes? Invista no pós-venda! 

Algumas empresas tratam o pós-venda como um mal necessário, que envolve reclamações e problemas depois da compra.

Outras acham que é a oportunidade para mandar e-mails ou ligar para o cliente oferecendo mais produtos. É isso! O pós-venda serve para melhorar o relacionamento com o cliente.

Por meio de boas soluções, nesta etapa, é possível surpreender clientes e reduzir custos com:

  • Reclamações sobre produtos e o atendimento;
  • Devoluções de produtos;
  • Campanhas para atração de novos clientes.

O motivo é simples: quem consegue manter o consumidor satisfeito, mesmo após realizar a venda, também o deixa apto a comprar mais e divulgar a marca.

Com o tempo, este consumidor se tornará um verdadeiro defensor dos seus produtos e serviços. Além disso, ele deve compartilhar suas experiências positivas com a família e os amigos, o que pode influenciar mais compras.

Vá além da oferta de produtos. Aproveite o pós-venda para oferecer soluções personalizadas que ajudem e realmente possam surpreender clientes.

Mantenha contato

Não é porque sua empresa evita ligar para o cliente oferecendo mais produtos, logo após a compra, que deve se distanciar dele.

Na verdade, o pós-venda é o momento ideal para descobrir os pontos fortes e fracos do funil de vendas. Esteja preparado para receber tanto os elogios como as críticas do cliente e não relute diante da segunda opção.

Os feedbacks negativos mostram o que a empresa está fazendo de errado e pode indicar o caminho de melhorias para aumentar a satisfação do cliente. Por que não aproveitar essa importante fonte de informações?

É possível aplicar vários testes a fim de compreender se o consumidor está satisfeito com o produto ou serviço oferecido após a compra.

Em outras palavras, é possível descobrir o que está bom e o que deve ser contornado. O melhor de tudo é que esses são fatores apontados pelos próprios clientes e, portanto, têm todas as chances de impactar na sua experiência.

Além disso, mostrar interesse por feedback faz o cliente perceber que a empresa se preocupa em oferecer uma boa experiência de compra do início ao “fim”.

E fim está entre aspas porque, recebendo esse tratamento, o vínculo do cliente com a marca não termina depois da venda.

Uma empresa que vai além do envio semanal de e-mails para mostrar promoções consegue firmar a relação com seu público.

Ajude o cliente oferecendo conteúdo relevante

Empresas de TI e software têm um problema bastante comum no pós-venda: usuários que não sabem usar o que compraram.

Eles provavelmente ligarão para o SAC com problemas técnicos e buscando soluções com urgência. Esses casos são muito comuns e toda empresa deve ser capaz de oferecer algum conhecimento sobre seu produto ou serviço.

Alguém que comprou uma batedeira, por exemplo, pode se beneficiar muito de dicas para mantê-la sempre limpa. Também pode adorar ideias de receitas fáceis para fazer com o equipamento novo.

A dica é: ofereça conteúdo relevante para o comprador mesmo durante o pós-venda. Ao mostrar maneiras de fazer a venda render mais, o valor agregado ao produto aumenta.

Com isso, sua empresa passará uma boa impressão e vai surpreender clientes. Nada melhor do que notar que a marca não apenas forneceu o produto, mas também quis garantir que ele seja útil para quem o comprou.

É claro que tudo isso deve ser feito de maneira personalizada. Quem comprou um par de luvas de boxe, em uma loja online, por exemplo, não está preocupado com dicas de como fazer a manutenção de uma bicicleta.

O melhor é que a empresa utilize softwares para segmentar seus compradores de acordo com o produto adquirido.

Depois, os vendedores e representantes podem entrar em contato para antecipar uma necessidade ou engajar esses clientes oferecendo conteúdo por e-mail e redes sociais.

Evite mandar o mesmo e-mail para uma base gigantesca que, dificilmente, se interessará por ele.

Ofereça serviços especiais para os clientes assíduos

Algumas redes de mercado, como o Carrefour, possuem cartões próprios que oferecem uma série de vantagens para os clientes fiéis.

Eles vão desde descontos para quem compra usando o cartão até sorteios, incentivos que estimulam os clientes a comprar novamente na loja.

Será que isso é possível apenas para as redes de supermercado? Com certeza, não!

Qualquer negócio consegue investir em soluções diferentes para seus consumidores mais fiéis. Isso pode ser feito com programas de fidelidade e vantagens, como os oferecidos por mercados.

Pode ser também com descontos especiais para quem fez uma compra e até para quem indicar a loja ou produto a um amigo.

Essas técnicas ajudam a melhorar o relacionamento do cliente e a criar uma base de compradores leais.

Mesmo que eles vejam um produto similar ao seu em outra loja, lembrarão que, ao comprar da sua marca, recebem um atendimento personalizado e uma série de vantagens que não encontram na concorrência.

Atendimento personalizado, a chave para surpreender clientes

Seguindo as dicas deste artigo, é possível perceber que para surpreender clientes é preciso dar atenção a eles. Seu cliente precisa de um atendimento especializado e dedicado a ele mesmo depois da compra.

Ao receber a melhor experiência, o consumidor desenvolve um relacionamento profundo e duradouro com as marcas.

O melhor de tudo é que, depois de fidelizado, muitas vezes, o cliente nem se importa de pagar um pouco a mais para receber um atendimento diferenciado.

Tudo é uma questão de estratégia que mostre ao consumidor que ele não é apenas mais uma estatística de compra e venda.

A empresa deve mostrar e realmente se importar com cada um de seus compradores, além de trabalhar com afinco para oferecer a melhor experiência de venda. Vá além das expectativas.

A concorrência comemora porque consegue entregar sempre no prazo? Entregue no prazo e, além disso, ofereça uma experiência de pós-venda especial para o seu consumidor. Ele agradecerá por isso na forma de indicações e lealdade à marca.

E por falar em Black Friday…

Aproveite a nossa oferta e comece hoje mesmo a automatizar o atendimento do seu negócio! São R$ 2 mil em créditos para usar dentro da plataforma. Cadastre-se, escolha o seu plano e use o código HUGGYBLACK para garantir essa oferta! —> Quero essa oferta!

[Termos e Condições]

Baixe gratuitamente o infográfico “A importância de um bom atendimento ao cliente em números” e aprofunde-se no assunto!