Diversão, criatividade e prêmios para comemorar os cinco anos de existência.

Devido à pandemia do novo coronavírus, que já matou mais 100 mil pessoas no Brasil, segundo dados do Consórcio de Veículos de Imprensa, as empresas precisaram se reinventar, até nas confraternizações. Em Feira de Santana, na Bahia, uma startup de atendimento digital, adotou o Home Office, desde março. Antes da pandemia, a empresa tinha o costume de realizar uma festinha para homenagear os aniversariantes do mês. Agora, no início de agosto, 3, a criatividade foi necessária para acabar com o isolamento e festejar os 5 anos de criação da startup. A festa foi virtual, na casa de cada funcionário.

Há cerca de cinco meses trabalhando em casa, os participantes foram convidados a colocar uma roupa de festa e confraternizar com todo calor humano e responsabilidade. A festa foi transmitida através de uma live, com banda, dança, comida e bate-papo. “Gostei da iniciativa. Estamos há bastante tempo trabalhando em Home Office. Foi uma oportunidade para interagir com os colegas. Eu estava sentindo muito a falta desses momentos de descontração”, explica Victor Figueiredo, Engenheiro da Computação.

O objetivo do evento foi celebrar os cinco anos de fundação da Huggy, mas também fazer com que a equipe estivesse junta novamente. “Neste momento, seria inviável fazer uma comemoração, devido ao afastamento social. Então, idealizei um projeto para comemorar na casa de cada funcionário com direito a diversão e uma decoração supercriativa, que os próprios colaboradores seriam responsáveis por fazer. Tudo aconteceu em casa, por vídeo chamada, todo mundo acompanhando junto, mesmo na quarentena”, disse a Social Media da empresa e idealizadora da festa virtual, Ianka Correia.

Também houve um concurso para definir quais dos membros tinham organizado a mesa de aniversário mais criativa. Balões, bolos, placas de “seja bem-vindo a minha festa” até funcionário fantasiado de mascote da empresa mostraram a engenhosidade dos participantes e tornaram a noite mais alegre. “A princípio seria um capacete de astronauta só que não encaixou bem, o globo era um pouco pequeno. Mas enquanto eu montava a decoração e colocava as figuras do Higgor (nosso mascote) no painel, surgiu o insight de usar o globo para fazer a cabeça do mascote, aí foi correr contra o tempo e deixar a criatividade rolar. Ficou bem divertido”, conta Fred Lima, desenvolvedor Full Stack, que acabou ficando em terceiro lugar no concurso.

Quem também levou a competição a sério foi o Victor Figueiredo. Ele já esperava que a concorrência seria bem inovadora. “Eu sabia que o pessoal iria levar esse concurso a sério e me dediquei bastante. Foi uma proposta muito interessante e estou feliz por ter conseguido o primeiro lugar. Eles sempre trazem surpresas e novidades para nós”, disse.

A Huggy foi criada, em 2015, por empreendedores baianos, especialistas em tecnologia, Diego Freire e Willians Oliveira. Hoje, a startup atende a mais de mil empresas no Brasil e em países como Estados Unidos, Chile, Argentina e México.

You've successfully subscribed to Huggy Blog
Welcome back! You've successfully signed in.
Great! You've successfully signed up.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.